Como você encara seus medos?

10:55

Todo mundo tem medo de alguma coisa. Mas o medo não é uma coisa essencialmente ruim: serve para nos deixar em alerta, para evitar que a gente se ferre. Essa característica natural é algo nos dado pela natureza, é algo importantíssimo, mas que muita vezes atrapalha mais do que ajuda. Quantas vezes a gente pensou muito mais do que agiu por medo das possíveis coisas que podiam acontecer se a gente arriscasse?

Confesso que sou uma típica medrosa. Tenho aqueles medos que todo mundo tem, tipo medo de morrer, de perder alguém que amo, decepcionar todo mundo ou de sofrer algo ruim. Mas também sou do tipo que tem medos bobos que não servem pra nada como pagar mico em público, falar com aquele cara lindo, não passar no vestibular, mudar de cidade, viajar, me perder numa cidade grande, dançar na frente de todo mundo... quanta bobagem né? Se a gente parar para pensar, vamos ver que o medo é somente coisa da nossa cabeça. Passamos tanto tempo pensando no que vão pensar, que só de pensar dá um medinho maluco... Reparou como o "pensar" demais pode virar uma roubada? Quando passamos mais tempo imaginando o quanto pode dar errado, não aproveitamos nada. É se arriscando que a gente pode viver alguns dos momentos mais legais das nossas vidas. Quando desencanamos um pouco, veremos que dançar em público não era tão assustador. Ninguém não estava nem percebendo você fazendo um cosplay  (discreto) da Beyoncé na festa! Dar um "oi" para aquele cara bonitinho não vai te matar, pelo contrário, vai fazer com que ele veja que você é no mínimo simpática. Mudar de cidade é uma experiência nova, não dá pra sair tirando de letra do nada, mas as pessoas conseguem se adaptar porque tudo é uma questão de tempo. Não passar no vestibular é horrível sim, mas o segredo é estudar e pensar positivo. Nossos maiores inimigos somos nós mesmos, são aquelas neuras que a gente inventa na cabeça e fica mastigando, mastigando.

Os perigos existem, claro que existem, mas a gente precisa começar aos poucos. Pensar demais nem sempre é a melhor solução. Você deve confiar mais em si mesma e pensar que vai dar certo, e se não der, pelo menos você tentou. Já diria Guimarães Rosa, "Felicidade se acha é em horinhas de descuido", então seja menos neurótica e obcecada com os próprios medos. Eu estou tentando, que tal tentar também?

Esse texto faz parte do tema de abril para blogagem coletiva do grupo Mais que Palavras, que nos desafia a falar de um tema sugerido todo mês.

Gostou? Me conta nos comentários!
Ps: O clipe é da nova música da Avril Lavigne, Fly, feita especialmente para a Olimpíada para Deficientes. A letra é linda e a iniciativa é muito legal!

Também pode te interessar

14 comentários

  1. Oi Mah!
    Que música e clipe lindos, ainda não tinha visto.
    Adoro a Avril e a iniciativa foi incrível.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Realmente nao devemos pensar demais!
    Eu também tenho muitos medos Bobos!
    Beijooos www.blog-atravesdamoda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Amei! Eu era uma pessoa muito medrosa há tempos atrás, hoje em dia já sinto-me mais desafiada pelos meus medos, tento enfrentá-los sempre :}

    Beijos,
    www.destemidagarota.com

    ResponderExcluir
  4. Poxa que texto lindo, eu sempre adoro os textos que você escreve e super me identifico. Eu também tenho muitos, muitos medos. E medos assim; na maioria bobos.
    Amei a música da Avril aí ♥

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Existe uma coisa chamada instinto de sobrevivência, que está relacionado aos medos com perigo de morte, como lutar com animais, cair de lugares muito altos, acidentes etc.
    A outra são os medos que nós adquirimos por uma condição para se proteger de situações de sofrimento emocional. Sentir medo nunca é bom, se isso afeta demais a vida da pessoa, sempre indo uma terapia :)

    www.raposalaranja.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei! Eu não tenho medo de morrer mas, morro de medo do perigo! kkk Como pode né? Seria tão mais fácil se não sentíssemos medo.
    girlstyle11.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que dançar na frente de todo mundo é só vergonha mesmo heim kkkk.
    Bem, eu adorei o post.

    www.semsorte.com

    ResponderExcluir
  8. Mah, você tá certa. A gente tem medo demais né :( medo é tipo o corretor do celular, como vc disse, mais atrapalha que ajuda hahah. Essa lynda da eterna 20-yo Avril com mais uma música linda e o clipe emocionante, adorei! Muito bom o post!

    gabigoulart.com

    ResponderExcluir
  9. Tenho muito medo de conhecer pessoas novas, mas sei te isso não ta muito certo :s Adorei o video, ótima mensagem

    http://sweetpoisonteen.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Uma vez um professor disse uma coisa pra mim que eu jamais esquecerei, e combina muito com seu texto! Ele me disse "temos medo do novo, porque saimos da nossa zona de conforto e arriscamos algo, sem a certeza de que vai dar certo, mas se não tentarmos, nunca saberemos" As vezes quando eu tenho medo de alguma mudança, coloco na balança se ela vai ser boa ou ruim e lembro do que meu professor falou. Amei seu texto! Musica e tudo mais :) Beijokas!

    ResponderExcluir
  11. Amei seu texto, escrito de uma maneira super humorada! Verdade tudo o que escreveu, pensar demais atrapalha, temos que dosar bem e viver viver viver! Tenho muitos medos mas preciso elimina-los. Bjsss www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ah, esqueci de comentar, adoro a Avril Lavigne. Bjsss

    ResponderExcluir
  13. Concordo muito com você no ponto em que, as vezes, pensando demais, acabamos por não fazer aquilo que temos vontade. Adorei seu post e a música da Avril, realmente a letra é linda! Beijos.
    www.diariosmolhadoss.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. As vezes pensar de mais é um problema. Eu tenho esse problema, e é horrível. Amei seu texto, super inspirador, e essa música! ahh <3

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário! Se tiver um blog, coloque o link!